ST 25 - Patrimônios Culturais em Perspectiva: História, Antropologia, Arqueologia e Memória Social

Autores

Luis Gustavo Molinari Mundim

Doutorando em História Social da Cultura

Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

luismolinari@gmail.com

Breno Trindade da Silva

Doutorando em Antropologia

Universidade de Brasília

breno.trindade26@gmail.com

RAUL AMARO DE OLIVEIRA LANARI

Doutor em História

Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

ralanari@gmail.com

Bruno Vitor de Farias Vieira

Bacharel em Arqueologia e Preservação Patrimonial. Mestrando em Arqueologia.

Universidade Federal de Sergipe-UFS

bvturismologo@gmail.com

Augusto Moutinho Miranda

Bacharel e Licenciado Pleno em História. Bacharel em Arqueologia e Preservação Patrimonial. Mestrando em Arqueologia

Universidade Federal de Sergipe-UFS

guto_moutinho@yahoo.com.br

Ementa

O tema do Patrimônio Cultural cada vez mais se destaca e se consolida entre historiadores e pesquisadores de áreas afins, como a arqueologia, antropologia e a sociologia. A ampliação do conceito de "Patrimônio Histórico e Artístico" para o de "Patrimônio Cultural" trouxe à cena uma série de indivíduos e grupos sociais que estavam até então alheios a esse processo de construção das identidades coletivas. Mais recentemente, observou-se a ampliação do escopo do trabalho daqueles que lidam com a identificação e salvaguarda dos bens culturais decorrente da vinculação desses estudos aos processos de licenciamento de empreendimentos. Assim, o espaço aberto para a atuação dos profissionais desse campo traz consigo a necessidade de reflexão sobre as práticas e conceitos que norteiam os trabalhos desenvolvidos na academia e fora dela. Dilemas ainda persistem e estabelecer o que é patrimônio cultural, quais os critérios para a sua seleção, quais os agentes que o definem e quais os indivíduos envolvidos em sua construção não são tarefas simples. É preciso estar atento às diversas tipificações do Patrimônio Cultural - Edificado, Arqueológico, Imaterial, as Paisagens Culturais, dentre outras.
Nesse sentido, o presente simpósio visa reunir investigadores e pesquisas que reflitam sobre práticas e teorias relacionadas às temáticas relacionadas ao tema, proporcionando aos participantes discutir, exemplificar, questionar, acrescentar casos e problematizar, de forma a se construir uma visão de complementaridade a partir de alguns eixos temáticos, a saber:
• História e historiografia das políticas públicas de proteção ao Patrimônio Cultural no Brasil;
• Patrimônio Cultural, coleções e Arqueologia - teoria e prática;
• Patrimônio Edificado: estudos de casos de tombamento e restauro;
• Patrimônio Imaterial: Estudos de caso, experiências de campo.


Programação das mesas

Mesa 1 - Sala 3013/CEM 8 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:30
Autores Titulo
Vanderley de Paula Rocha
Festa do Divino: patrimônio imaterial da cidade de Ponta Grossa/PR
Guilherme Eugênio Moreira
Bruna Barradas Cordeiro
Bianca Zacarias França
Foliões além do Natal: folias de reis fora do ciclo natalino, a polissemia do folclore e do patrimônio
Hugo Mateus Gonçalves Rocha
Raul Amaro de Oliveira Lanari
"Terreiros de Trabalho" e "Terreiros de Fundamento" em Laranjeiras/SE: patrimonialização, cultura, mercado religioso e desigualdades.
Ana Paula Lessa Belone
“Quando berimbau toca Deus fala”: notas sobre a capoeira como patrimônio imaterial a partir do caso sergipano
Mesa 10 - Sala 3013/CEM 12 de Maio de 2017 as 15:30 até 18:00
Autores Titulo
Leila Medina Leite Féres
Patrimônio institucionalizado versus “patrimônio periférico”: a oralidade como forma de sobrevivência das minas de Ouro Preto, MG.
Adriana Sanajotti Nakamuta
Elis Marina Mota
A trajetória da proteção de bens culturais móveis no Brasil
Priscila de Oliveira Teixeira
Políticas públicas de preservação do patrimônio
Marina Furtado Gonçalves
Olhando para dentro: análises científicas do patrimônio documental histórico
Mesa 2 - Sala 3013/CEM 8 de Maio de 2017 as 15:30 até 18:00
Autores Titulo
Rosana Eduardo da Silva Leal
Tâmara Cris Santana dos Santos
Patrimônio Cultural, Culinária e Turismo: um estudo sobre os doces tradicionais do Povoado Saramém (Brejo Grande/SE)
Marília Maria Brasileiro Teixeira Vale
André Luiz Borges de Ávila
A cidade e seus lugares: reflexões sobre as práticas preservacionistas do Patrimônio Cultural de Estrela do Sul - MG
Luíza Rabelo Parreira
Neise Mendes Duarte
As antigas colônias de hansenianos sob a perspectiva do patrimônio cultural
LUCAS GRAEFF
DANIELLE HEBERLE VIEGAS
Regiões metropolitanas e patrimônio cultural: desenvolvimento socioeconômico, institucionalização e regionalização
Mesa 3 - Sala 3013/CEM 9 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:30
Autores Titulo
Corina Maria Rodrigues Moreira
“De perto e de dentro”: participação social na política de patrimônio imaterial
Bianca Pataro Dutra
A festa é a fé: a salvaguarda de bens imateriais em relação com dinâmica cultural
Tânia Caroline Ruas Silva
CULTURA, PATRIMÔNIO E IDENTIDADE: PRÁTICAS FESTIVAS NO MUNICÍPIO DE CORAÇÃO DE JESUS/MG.
Wesley dos Santos Lima
A Construção Identitária nos espaços públicos: Uma conexão entre História e Patrimônio no Centro Educacional de Barreirinhas, Barreiras, Bahia.
Mesa 4 - Sala 3013/CEM 9 de Maio de 2017 as 15:30 até 18:00
Autores Titulo
André Luiz Rocha Mattos Caviola
LOQUE ARCANJO JUNIOR
Olhares sobre o bairro Lagoinha, memória, identidades e cotidiano
Yussef Daibert Salomão de Campos
Brasil e Benin: entre fluxos e refluxos de seus patrimônios culturais
Sueli Siqueira
Sandra Nicoli
Tradições e costumes: entrelaçando culturas nas terras mineiras de Itueta
Amir José de Melo
Mauro Tarcísio Machado Borges
VALE DO AÇO: histórias, temporalidades, desconstruções e travessias rizomáticas, presentificadas por meio do Museu e do Congado, em suas respectivas singularidades, no Município de Coronel Fabriciano,M.G.
Mesa 5 - Sala 3013/CEM 10 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:30
Autores Titulo
Bruna Fortunato Pereira
A necessidade de repensar o Museu Regional do Sul de Minas
Eduardo Romero de Oliveira
Sérgio Ricardo Losnak
POLÍTICAS PÚBLICAS DE PRESERVAÇÃO NOS MUNICÍPIOS PAULISTAS: MUSEUS E CONSELHOS
Ramiro Queiroz Silveira
Museu Maguta: Curadoria xamânica
Eduardo Francisco Pimentel
MUSEUS MUNCIPAIS BRASILEIROS: UM PANORAMA GERAL
Mesa 6 - Sala 3013/CEM 10 de Maio de 2017 as 15:30 até 18:00
Autores Titulo
Jenilton Ferreira Santos
Laura Almeida de Calasans Alves
Análise do Patrimônio Arqueológico voltados para Práticas Turísticas em Cidades Históricas - Caso São Cristóvão/SE
Queiton carmo dos santos
Na foz do Rio Amazonas: entre a posteridade e o ocultamento, artefatos arqueológicos como patrimônios culturais.
Rhulio Rodd Neves de Aguiar
Educação Patrimonial em Conceição do Mato Dentro/MG: Relatos de uma experiência em campo (2015)
Letícia Maia Dias
Anna Clara Marotti Magalhães
EDUCAÇÃO PATRIMONIAL, ARQUEOLOGIA E DIVERSIDADE ÉTNICACULTURAL : O CASO DE PASSA-TEMPO
Bruna Caldas Cordeiro
Tombamento, Gestão e Novas Perspectivas: Um estudo sobre o Centro Histórico de Pitangui/MG
Mesa 7 - Sala 3013/CEM 11 de Maio de 2017 as 13:00 até 16:00
Autores Titulo
Nívia Paula Dias de Assis
Augusto Moutinho Miranda
Causos e Memórias dos Engenhos do Estuário Amazônico: Sensorialidade, Memória Social e Paisagem
Luana Teixeira do Carmo
Augusto Moutinho Miranda
As “Histórias em Quadrinhos” nos muros da cidade: um estudo de caso sobre as intervenções gráficas contemporâneas e o Patrimônio Edificado em Belém – Pará
Bruno Vitor de Farias Vieira
ARQUEOLOGIA PÚBLICA E ESCRAVIDÃO NA FAZENDA SÃO VICTOR-PI (SÉC. XVIII E XIX)
Jéssica Rafaella de Oliveira
OS HABITANTES DO RIO E AS MISSÕES RELIGIOSAS NO SERTÃO PERNAMBUCANO: Uma Arqueologia da Paisagem Fluvial do Rio São Francisco – Orocó.
Juliana Martins de Castro Barroso
Gizele Maria dos Santos
Rede Memória das Instituições de Minas Gerais: trabalho colaborativo para a preservação da memória
Valéria Cazetta Lelis
William Henrique dos Reis Carneiro
Larissa Fernanda Palhari
IMPRENSA LOCAL E A CRIAÇÃO DO CODEPAC, ÓRGÃO DE PROTEÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL DE BAURU
Mesa 8 - Sala 3013/CEM 11 de Maio de 2017 as 16:00 até 18:00
Autores Titulo
Flavia Klausing Gervásio
São Cristóvão/SE: apontamentos para a atuação com o patrimônio cultural do conjunto tombado
Lucia Araujo Pereira da Silva
Patrimônios Históricos e culturais da Baixada Fluminense: derrubados, mas não preservados.
Marília Maria Brasileiro Teixeira Vale
Andreia de Freitas Lopes
PATRIMÔNIO CULTURAL: AS PRÁTICAS DE PRESERVAÇÂO EM UBERABA
Ana Flávia Nascimento Paes
De Pedra e Cal a Paisagem Cultural: estudo de caso da Serra do Lenheiro na cidade de São João del Rei, Minas Gerais.
Mesa 9 - Sala 3013/CEM 12 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:30
Autores Titulo
Rosana Eduardo da Silva Leal
A Arquitetura Popular Como Recurso Patrimonial, Etnográfico e Turístico: um estudo sobre La Alberca-Salamanca/Espanha
Claudia dos Reis Paiva
Daniel de Almeida Moratori
Patrimônio edificado na cidade contemporânea – O processo de salvaguarda e intervenção do edifício “Cine São Luís” - Juiz de Fora/MG.
tiago da cunha rosa
Príncipe Hotel – Revitalização Conservação e Restauro

Apoios

UFMG
Fafich
Temporalidades
PPGHIS
Varia História
CEPAMM
Núcleo História Oral
CEM
Sem Rumo
Brasiliana
Iepha