ST 09 - História, gênero e sexualidade: processos de constituição das Subjetividades na História

Autores

Cássio Bruno de Araujo Rocha

Doutorando

Universidade Federal de Minas Gerais

caraujorocha@gmail.com

Átila Augusto Guerra de Freitas

Mestrando

Universidade Federal de Minas Gerais

atilaaugustofreitas@gmail.com

Polyana Aparecida Valente Vareto

Doutora

Universidade do Estado de Minas Gerais

polyvalente84@gmail.com

Isabela de Oliveira Dornelas

Mestranda

Universidade Federal de Minas Gerais

Isadornelas@gmail.com

Ementa

O simpósio temático História, gênero e sexualidade chega à quarta edição, tendo se consolidado como um dos mais dinâmicos, amplos e produtivos dentre os simpósios do evento. Como nas edições anteriores, buscamos receber trabalhos de variadas perspectivas teóricas, com distintos objetos de pesquisa e recortes espaço-temporais diversos, desde que sejam comunicações que cruzem questões de gênero e sexualidade com a análise histórica. Pois mantemos a pretensão de consolidar este simpósio como um lugar privilegiado para as discussões de gênero e sexualidade no campo da história, sem ceder espaço aos temores - muitas vezes politicamente orientados - de anacronismo nos trabalhos nesta temática. Consideramos que aplicar as categorias de gênero e sexualidade aos estudos históricos não significa um anacronismo necessário, porque estas são categorias analíticas (e representacionais) que contribuem para a investigação dos processos históricos de constituição das subjetividades - segundo estas mesmas linhas de gênero e sexualidade. Seguindo as conceituações de gênero de autoras como Joan W. Scott, como uma categoria útil à análise histórica e um modo primário de significação das relações de poder, e de Judith Butler, como categoria performativamente constituída e constituinte dos sujeitos segundo as linhas da matriz sexo-gênero-desejo orquestradas pela heterossexualidade compulsória, queremos receber trabalhos que avancem nas discussões sobre estes conceitos, dialogando com temáticas e recortes diversos. Acreditamos, assim, que os estudos de gênero na história podem ultrapassar a fronteira da história das mulheres (mantendo o diálogo com esta área pioneira e importante), compreendendo áreas como a teoria Queer, história das masculinidades, da ciência, das transexualidades e intersexualidades. Também serão bem-vindos estudos interseccionais que cruzem as esferas de gênero e sexualidade com as de raça, geração, classe, etc. Entendemos sexualidade como dispositivo das relações de poder, constituído ao longo da Modernidade capitalista, com vistas à constituição de sujeitos centrados em seu sexo - postulado como bastião de suas verdades. Assim, desejamos receber trabalhos que dialoguem criticamente com a perspectiva foucaultiana para a história da sexualidade, propondo caminhos e interpretações para a história das homossexualidades e das heterossexualidades, desnaturalizando ambas e percebendo a heterossexualidade, junto à Adrienne Rich, como um sistema compulsório de poder


Programação das mesas

Mesa 1 - Auditório Baese (4º andar Fafich) 8 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:30
Autores Titulo
Lucas Rodrigues
Sexualidade na Idade Média: Uma abordagem Histórico-Social sobre as minorias no medievo e seus paradigmas
Milena de Oliveira Ferreira
Trotula de Ruggiero e a medicina feminina no decurso do século XII.
Laila Lua Pissinati
Sobre o segredo das mulheres: a representação da anatomia e da fisiologia do corpo feminino na literatura médica-escolástica (século XIII).
Cássio Bruno de Araujo Rocha
O admoesto com muita caridade: técnicas de produção de Si da Inquisição portuguesa e a elaboração do Eu de homens e mulheres sodomitas no Império português no Período Moderno
Mesa 2 - Auditório Baese (4º andar Fafich) 8 de Maio de 2017 as 15:30 até 18:00
Autores Titulo
Igor Maciel da Silva
Mulheres e divertimentos em Barbacena (até 1930)
César Henrique de Queiroz Porto
Jumara Carla Azevedo Ramos carvalho
As estratégias de poder das mulheres da família Spínola Teixeira em Caetité (1885 à 1930)
Cristiane de Paula Ribeiro
Emancipação e participação política das mulheres na segunda metade do século XIX (1852- 1889)
Mônica Euzébio da Costa
A construção social do que é ser mulher em nossa sociedade: um estudo a partir da leitura de jornais católicos em Juiz de Fora/MG 1930-1945
Mesa 3 - Auditório Baese (4º andar Fafich) 9 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:30
Autores Titulo
Clarisse Goulart Paradis
Liberdade, igualdade e sexualidade no republicanismo feminista de Mary Wollstonecraft.
Átila Augusto Guerra de Freitas
“O sexo que é superior em beleza e em coragem”: Virtude e República nas palavras de uma revolucionária francesa.
Marco Antonio Stancik
Virilidade e feminilidade em cartões-postais franceses no contexto da Grande Guerra (1914-1918)
Mesa 4 - Auditório Baese (4º andar Fafich) 9 de Maio de 2017 as 15:30 até 18:00
Autores Titulo
Ana Luiza Soares Dias
Performance e feminismo: a relação entre corpo, arte e empoderamento feminino na América Latina
Marcela dos Santos Lima
O CORPO FEMININO E SUAS REPRESENTAÇÕES NA HISTÓRIA DA ARTE: DO BARROCO FEITO DE CARNE AO CORPO PLÁSTICO MIDIÁTICO
natalia da silva candido
Um estudo sobre o gênero feminino na produção das artistas Cindy Sherman e Sophie Calle
Ana Priscila Nunes da Costa
Camille Claudel: algumas questões sobre acervos e curadorias
Mesa 5 - Auditório Baese (4º andar Fafich) 10 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:30
Autores Titulo
Maiza Pereira Lôbo
O corpo no espaço: a construção da corporalidade nas propagandas e homenagens do Dia Internacional da Mulher
Márcia Regina dos Santos
Mulheres talhadas para a sociedade: representações e imaginários em manuais de boas maneiras
Jéssica Bley da Silva Pina
Comunidade científica e gênero: a atuação e circulação de mulheres cientistas na Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (1948-1968)
Ana Carolina Eiras Coelho Soares
Vender o Amor para comprar a felicidade e o gozo perfeito: Relações de Gênero, História e Literatura de Romances Best-sellers
Mesa 6 - Auditório Baese (4º andar Fafich) 10 de Maio de 2017 as 15:30 até 18:00
Autores Titulo
Luiz Paulo de Araújo Magalhães
A Homofobia nos projetos políticos da extrema-direita na internet: os casos do stormfront.org e do National Alliance.
MONICA DA SILVA FRANCISCO
Homens negros no facebook- entre o erotismo e a marginalização.
Carlos Henrique Bem Gonçalves
Gustavo Agnaldo de Lacerda
Cuspidela e catarse LGBT: mandatários políticos e masculinidades frente às dinâmicas de poder/resistência pelos direitos sexuais na Câmara dos Deputados
Flavia Valle Vernaschi
Tempo presente e feminismo como nicho de mercado: processos de cooptação capitalista
Mesa 7 - Auditório Baese (4º andar Fafich) 11 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:00
Autores Titulo
Gustavo Henrique Ramos Silva
“Nós, os Ninguém”: por uma existência pós-identitária
NATANAEL DE FREITAS SILVA
A amizade como modo de vida: considerações sobre a ‘experiência’ Dzi Croquettes à luz de Joan Scott e Michel Foucault
Júlia Esteves Bicalho de Almeida
Andarilhos de estrada e questões de gênero
Mesa 8 - Auditório Baese (4º andar Fafich) 11 de Maio de 2017 as 15:00 até 18:00
Autores Titulo
Ítalo Vinícius Gonçalves
Sexualidades, soropositividades e o morrer
Mayara Eduarda Vieira Leite
Transexualidade e Visibilidade
Wemerson Cardoso Batista
Simone Francisca de Oliveira
“O que eu tenho a ver com isso?”: (res)significando o enfrentamento a violência de gênero contra a mulher para homens autores de violência de gênero contra a mulher
Gerferson Damasceno Costa
Os discursos sobre os direitos civis LGBTs produzidos pela Revista G Magazine
Bruno Michael Pereira de Abreu
Luis Otávio Silva Botelho
Os impactos da ditadura brasileira nas populações LGBT: discurso moralista, políticas públicas, repressão e resistência (1964-1985)

Apoios

UFMG
Fafich
Temporalidades
PPGHIS
Varia História
CEPAMM
Núcleo História Oral
CEM
Sem Rumo
Brasiliana
Iepha