ST 06 - História e Linguagens: Biografia, Cultura Escrita e Teoria da Literatura

Autores

Ana Carolina de Azevedo Guedes

Doutoranda em História

Pontíficia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio)

anaazevedoguedes@gmail.com

Edson Silva de Lima

Mestrando em História Social

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

edson_hist@yahoo.com.br

Evander Ruthieri da Silva

Doutorando em História

Universidade Federal do Paraná

evander.ruthieri@gmail.com

Maycon da Silva Tannis

Mestre em História

Pontíficia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio)

ms.tannis@yahoo.com

Ementa

O simpósio temático tem como objetivo central fomentar o diálogo e debate entre estudantes e pesquisadores que investigam fontes e problemas relacionados às dimensões da Biografia, da Literatura e da Cultura Escrita, ao tomar como ponto de partida e fio condutor a perspectiva de que estes objetos culturais fornecem evidências fragmentárias e pistas verossímeis a respeito das formas de sentir e pensar em determinado contexto sócio-histórico. Além disso, o simpósio visa reunir trabalhos que dialoguem com os fundamentos teóricos constitutivos da formatividade literária, em continuidade aos debates iniciados no V Encontro de Pesquisa em História/UFMG: análises que concebam a possibilidade de uma escrita da história na qual Biografia, Sociologia da Literatura e da Cultura Escrita, Teoria da Literatura, estejam presentes em um diálogo abrangente e reunindo pesquisas e pesquisadores de várias frentes possíveis. Nos últimos anos, em um movimento que acompanha a expansão dos métodos e abordagens mobilizados por historiadores e historiadoras, as discussões a respeito das relações multifacetadas entre história, ficção e narrativa ganharam fôlego renovado, desdobrando-se em pesquisas dedicadas ao amplo universo de temas relacionados à literatura enquanto fonte histórica: estudos de trajetórias e itinerários sociais de literatos e editores, livreiros e leitores; análises dedicadas à materialidade dos livros e aos processos editoriais, à circulação e mobilidade dos textos; articulações entre literatura e memória, imaginários sociais e sensibilidades; bem como a concepção expansiva entre uma possível escrita da história dentro da ficção. Isto é, rompendo com as amarras da dicotomia entre História e a Ficção, temos uma possibilidade de escrever a história em uma relação próxima onde haja, portanto, História, Ficção e Literatura. Todos esses eixos ligados pela relação em que a análise da vida do sujeito produtor, discursos e devir no mundo possa ser orientadora de sua prática teórica e escrita. Assim, o simpósio visa agregar trabalhos que lidem com esses temas e problemas, não de modos isolados, mas de forma a atravessar por um questionamento metodológico, pela via da linguagem, capaz de orientar uma escrita da história que tenha a sensibilidade de tocar temas que foram explorados com maiores minúcias a partir das transformações na relação entre historiador, epistemes e objeto de estudo.


Programação das mesas

Mesa 1 - Sala 3005 8 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:00
Autores Titulo
PAOLA DA SILVA PASCOAL
THEODORO BRAGA E MARIA HIRSCH: RELAÇÕES ARTÍSTICAS, PESSOAIS E POLÍTICAS NA CAMPANHA NEOMARAJOARA NO BRASIL
Carla Baute
A relação entre cultura, sociedade e História em “Marxismo e Literatura” de Raymond Williams
Andrezza Alves Velloso
"O Híssope" - O poema proibido: circularidade dos impressos e censura em Portugal do início do século XIX
Mesa 2 - Sala 3005 8 de Maio de 2017 as 15:00 até 17:30
Autores Titulo
ANA PAULA MENDES MOTTA DE SOUZA
Literatura: Caminhos da História
Jania Martins Ramos
Marlos de Barros Pessoa
Mudança linguística e história social do Português Brasileiro
Cleber Araújo Cabral
Posta restante - notas sobre edição de correspondências
Mesa 3 - Sala 3002 9 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:00
Autores Titulo
Danielle Christine Othon Lacerda
Narrativas sombrias: O gótico nos folhetins cariocas no século XIX
Pedro Victor Silveira Ferreira
Representação das virtudes nos personagens do conto “Ashputtel” dos irmãos Grimm.
Alessandra Mara Vieira
"O homem do século XIX diante do progresso: deslumbramento e negação"
Juliana Timbó Martins
A literatura moderna de Charles Perrault através de seus poemas, paralelos e contos maravilhosos
Mesa 4 - Sala 3002 9 de Maio de 2017 as 15:00 até 17:30
Autores Titulo
Isabela Gomes Parucker
Ficcionalizando realidades: relações possíveis entre história e ficção em "A história da Aia", de Margaret Atwood
José Roberto Silvestre Saiol
O heroísmo e a proletarização dos homens de letras no século XIX
Evander Ruthieri S. da Silva
Literatura, memória e cultura histórica: interpretações do passado sul-africano em "Swallow: A Tale of the Great Trek" (1899), de H. Rider Haggard
Ana Lívia Cardoso Castanheira Alvim
Fogo Morto: um mundo nas mãos
Mesa 5 - Sala 3049 10 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:30
Autores Titulo
Daniela Aparecida Rodrigues
Novitas Franciscana: um ideal de vida santa
Melina Teixeira Souza
O princípio da caridade no discurso institucional das irmãs de São Vicente de Paulo
Rodrigo Perez Oliveira
Sobre a utilidade do conhecimento histórico em tempos de crise e algumas inquietações políticas e epistemológicas
Mesa 6 - Sala 3002 11 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:00
Autores Titulo
Jorge Luiz Teixeira Ribas
Literatura e Revolução: O mundo alucinante de Reinaldo Arenas.
Nayara Aparecida de Moura
Irmãs de letras e de lutas: o caso das escritoras do jornal A Estrella da Oeste em Divinópolis
Vinicius Bernardes Gonçalo Coelho
Literatura Lésbica em Cassandra Rios
Sérgio Cruz de Castro Lima
As comunas e associações contra o despotismo no ideário de Alexis de Tocqueville
Mesa 7 - Sala 3002 11 de Maio de 2017 as 15:00 até 17:30
Autores Titulo
Geisimara Soares Matos
Biografia em análise: A construção da imagem de Eduardo Gonçalves Ribeiro
Anna Carolina de Abreu Coelho
O intelectual e o Politico: biografia e construção da memória do Barão de Marajó (1874-1932)
Maria Elisa Rodrigues Moreira
Político, intelectual, literato? Rodrigo M. F. de Andrade e seu Velórios
Thiago da Silva da Costa
CAMINHOS E DESCAMINHOS: A BIOGRAFIA NA HISTÓRIA.
Mesa 8 - Sala 3002 12 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:30
Autores Titulo
Ramon Castellano Ferreira
O Guesa entre a Teoria Literária e a Historiografia
Matheus Silva Marciano
Anemia do tempo: absurdo e o caráter distópico nas obras “Adeus, Velho” de Antônio Torres e “Feliz Ano Novo” de Ruben Fonseca
Marcus Vinicius Neto Silva
Siegfried Bernfeld e sua biografia não publicada de Freud
João Paulo Ribeiro Beraldo
A lírica amorosa na poesia feminina do renascimento italiano no século XVI: poemas de Veronica Franco e Veronica Gambara
Mesa 9 - Sala 3002 12 de Maio de 2017 as 15:00 até 17:30
Autores Titulo
Ana Paula Silva Santana
Beatriz Cenci e o feminino no teatro de Gonçalves Dias.
Lílian Falcão de Araújo
História, literatura e biografia: a construção do sucesso da escritora chilena Isabel Allende.
Esther Itaborahy Costa
José de Magalhães Pinto: a trajetória política do líder civil da ‘Revolução de 1964’.
Karenn dos Santos Correa
Martins Pena e suas estratégias de escrita

Apoios

UFMG
Fafich
Temporalidades
PPGHIS
Varia História
CEPAMM
Núcleo História Oral
CEM
Sem Rumo
Brasiliana
Iepha